Posts Marcados Com: noticia

Blogueiro é preso por comentar em blog

O policial blogueiro Major Roberto Cavalcante Vianna foi o primeiro brasileiro a ser preso no país por comentar em um blog. Onde isso vai parar?

Um dos comentários acerca do ocorrido informa que “Sua transgressão grave foi assinar um comentário se solidarizando com o Major Wanderby, denunciado por indisciplina na Auditoria Militar da PM. Punição de prisão! 12 dias preso por comentar em um blog!”

O Major foi preso no último dia 7 de outubro. No entanto já está em liberdade graças a um habeas corpus. O comentário da discórdia pode ser visto no blog do Wanderby.

Onde está a constituição de 1988? Finalizo lembrando apenas dois incisos do Art.5 da Constituição Cidadã:

  • IV – é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
  • IX – é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;
Anúncios
Categorias: Jornalismo, Opinião | Tags: , , , , , , , | 5 Comentários

Confirmado: Filme O Hobbit virá em 2010

Segundo a Revista SET, a New Line Cinema, em parceria com a MGM, irá produzir a tão esperada versão cinematográfica de O Hobbit.

A versão do cinema talvez seja um pouco diferente do que os fãs leram nos livros. Afinal, Peter Jackson, o homem por traz da direção-executiva do projeto, prometeu dois filmes em sequência para O Hobbit. No entanto, para conseguir isso, é provável que o filme aborde histórias paralelas a aventura de Bilbo Bolseiro.

No elenco do filme, é provável que vejamos alguns dos atores/personagens da trilogia do anel, como Gandalf, Elrond, Aragorn (?) entre outros. A cadeira do diretor do filme deverá ser ocupada por Guillermo Del Toro, diretor de O Labirinto de Fauno.

SOBRE O HOBBIT

“O protagonista do livro é o hobbit Bilbo Baggins, um dos mais respeitáveis e pacatos habitantes da Vila dos Hobbits. Bilbo, entretanto, tem sua vidinha tranqüila virada do avesso quando, certa manhã, o grande mago Gandalf aparece na soleira de sua porta. Junto com treze anões – Thorin Escudo de Carvalho e seus doze companheiros – Gandalf convoca um relutante Bilbo para uma perigosa aventura: viajar até Erebor, a Montanha Solitária no distante Leste, destruir o terrível dragão Smaug e recuperar o tesouro do Reino sob a Montanha, roubado por Smaug e que pertencera aos antepassados de Thorin. ” Fonte: Valinor.com.br

Categorias: Jornalismo | Tags: , , , | 49 Comentários

Vem aí Forúm Mundial de Comunicação Social

Já estão abertas as inscrições para o 5º Fórum Mundial de Comunicação Social, que será realizado pela Associação Latino-Americana de Agências de Publicidade (Alap) em Porto Alegre (RS). O evento, que acontece em 25/03/08, terá como tema Ações de Sustentabilidade Ambiental.

Os assuntos discutidos serão:

  • Contribuição da Mídia para Sustentabilidade Ambiental.
  • O Planeta Terra sob a Ótica sustentável da Arte.
  • Consumo em Harmonia com o Planeta.
  • Ações de Sustentabilidade do Poder Público.
  • Criatividade Publicitária com Compromisso Ambiental.
  • Marketing Sem Impacto Ambiental. A Terra Agradece.

Durante o Fórum também serão entregues os troféus Nestor de Paula, que destacarão peças e campanhas publicitárias com foco em projetos sociais.

Informações e incrições em: http://www.forumcomunicacao.com.br/

Categorias: Jornalismo, Opinião | Tags: , , , | 2 Comentários

Começa hoje o 1º Congresso Estadual das Apaes

No período de 28 a 30 de novembro, a Federação das APAES (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) do Estado do Pará realizará em Belém o 1º Congresso Estadual das APAES. De acordo com o presidente da Feapae-PA, Emanoel. Ó de Almeida Filho, o objetivo do congresso é abordar questões concretas que possam beneficiar as pessoas portadoras de deficiência mental.

O tema do congresso será Igualdade, Dignidade e Participação, que será também o tema da Palestra Magna do evento realizada na quinta, 29, às 8h. A palestra será ministrada pelo médico pediatra Eduardo Barbosa, atual Presidente da Federação Nacional das Apaes.

O evento é realizado em parceria com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Belém e acontecerá no Computer Hall (Rua Antônio Barreto, 1176). As inscrições podem ser feitas no prédio da Apae na Av. Generalíssimo Deodoro, 413. Para maiores informações, entrar em contato pelo telefone 91-3212-9306 ou pelo e-mail feapaepara@yahoo.com.br.

Categorias: Jornalismo | Tags: , , , | 1 Comentário

Menina mantida em cela com vários homens

Foi a notícia que movimentou a imprensa de semana passada: Uma menina de 15 anos de idade foi presa em Abaetetuba, cidade do interior paraense distante a 60km da capital, e mantida em uma cela comum junto com aproximadamente outros 30 homens.

A imprensa nacional se manifestou frente ao absurdo triplo: uma cela superlotada, a prisão de uma menor de idade e, não menos pior, a ausência de cárcere femenino na cidade.

Sou incapaz de imaginar os horrores por que ela deve ter passado. Deixo aqui somente os relatos da imprensa nacional coletados por Ligia Martins de Almeida e publicados no Observatório da Imprensa:

“No capítulo das grandes vergonhas nacionais, merece destaque o fato, especialmente sórdido, de vileza desmedida, que é a colocação de mulheres em celas com muitos homens, para que sejam exploradas e brutalizadas sexualmente… E o mais acachapante é que a governadora do Pará suspeita de que a prática é comum – não apenas em seu Estado, mas em outros locais do território nacional – para garantir sexo aos detentos (e assim, quem sabe, deixá-los mais calmos)”. (Estadão, 25/11/2007)

“Aos 15 anos, L.A.B. mede 1,50 metro e pesa 35 quilos. Tem a compleição física de uma criança de 12 anos. Todos os dias, L. era violada de cinco a seis vezes. A situação revoltou alguns dos presos, que disseram aos carcereiros que, além de ser uma menina, ela não podia ficar na cela com homens. Os policiais, então, cortaram o cabelo longo, liso e negro de L. à faca e rente à cabeça. Como seu corpo tem poucas curvas, ela ficou parecida com um rapaz.” (Veja, 28/11/2007)

“`Era um show isso daqui. Todo mundo sabia que a menina estava lá no meio daqueles homens todos, mas ninguém falava nada´, disse uma mulher na delegacia, sexta-feira à noite. `Antes de comer, os presos se serviam dela´, lembra, inflamada, outra mulher, falando alto bem em frente à sala do delegado de plantão. Refere-se ao fato de os presos obrigarem a menina a praticar sexo como condição para lhe darem alimento. `Ela gritava e pedia comida para quem passava, chamava a atenção para si, e, como ela era conhecida por aqui, não dava para ignorar´, afirma outra.” (A Folha de São Paulo, 25/11/2007)

“A Justiça teria conhecimento da situação da Delegacia de Polícia de Abaetetuba e houve falhas na comunicação entre os órgãos de Justiça e a Superintendência de Polícia Civil do Baixo Tocantins. É o que mostram documentos obtidos pelo Diário. Além disso, vários pedidos de transferências de delegacias do interior revelam que a situação se repete em outros municípios. Entre os documentos, um ofício, anterior ao escândalo, mostra que a Superintendência Regional do Baixo Tocantins, situada em Abaetetuba, solicitou a transferência da menor antes das denúncias virem à tona, ainda que com um inexplicável atraso de 14 dias em relação à prisão, ocorrida no dia 22 de outubro. A comunicação em tempo hábil poderia ter evitado que a presa sofresse tantos abusos. O ofício nº 870/07, de 5 de novembro de 2007, enviado pelo superintendente regional, Antonio Fernando Botelho da Cunha, e encaminhado à juíza da 3ª Vara Criminal de Abaetetuba, foi protocolado na secretaria do Fórum Penal no dia 7. No documento, o superintendente pede a transferência da presa para o CRF (Centro de Recuperação Feminino), em Belém, `em caráter de urgência (…) uma vez que não possuímos cela para o abrigo de mulheres, estando a mesma custodiada juntamente com outros detentos, correndo o risco de sofrer todo e qualquer tipo de violência por parte dos demais´ .” (Diário do Pará, 24/11/2007)

Categorias: Jornalismo | Tags: , , , | 4 Comentários

Imagens do Oi Fashion Tour em Belém

Ontem fui convidado para o Oi Fashion Tour em Belém. O evento aconteceu no Hangar Centro de Convemções da Amazônia. O evento foi realizado pela Dupla Assessoria e divulgado pela Norte Comunicação.

Estiveram presentes grifes locais como Lele Grelo e Brazil Summer, entre outras; e grifes nacionais como Blue Man e C&A. A Passarela ocupou um imenso espaço do Hangar numa demonstração de grandeza proporcional às grifes apresentadas.

Abaixo algumas fotos batidas de meu celular novamente, enquanto não compro minha própria camêra.

desfile 01

desfile 02

desfile 03

 

Durante o evento, ainda recebi o convite para desfile da Zoomp. Pena que tenha prova na faculdade no dia.

Categorias: Jornalismo | Tags: , , , | Deixe um comentário

Brasil cai no ranking de liberdade de imprensa

Do Portal Comunique-se:

“O Brasil ocupa a 84ª posição no ranking elaborado pela organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF). Segundo a ONG, foram registrados casos de violência contra jornalistas no Brasil, embora não cite números. A posição do País piorou. No ano passado, o Brasil ocupava o 75º lugar. Este ano recebeu nota 25,25, enquanto em 2006 teve nota 17,17. O ranking faz parte de um relatório sobre a classificação mundial da liberdade de imprensa em 169 países.

A Islândia e a Noruega são os melhores lugares para jornalistas trabalharem. Receberam nota 0,75 e estão, respectivamente, na primeira e segunda posições, seguidas da Eslováquia e Estônia, ambas com nota 1.

Blogueiros também não escapam da repressão
Quem se utiliza da Internet para informar também está na mira de regimes e grupos interessados em acabar com o direito à liberdade de expressão. Na Malásia (124ª posição), por exemplo, e também na Tailândia (135ª) e Egito (146ª) blogueiros foram presos e sites tirados do ar.

“Estamos muito preocupados com a multiplicação de casos de censura na rede. Cada vez há mais governos que se utilizam do papel de julgar a Internet na luta pela democracia e criam novos meios de censurar a rede. Agora as autoridades dos países repressivos atacam os blogueiros e os jornalistas com a mesma força que atacam os trabalhadores de meios de comunicação tradicionais”, explica a ONG.

Pelo menos 64 pessoas que escrevem blogs foram detidas. A China está na liderança neste caso com 50 internautas presos.”

A notícia é triste. Mas extremamente importante para todos nós. Falta de liberdade de imprensa não é problema apenas para uma instituição ou empresas. É problema para a sociedade que se vê sem liberdade de pensamento e expressão, sem ter acesso as informações de que precisa para se autogovernar e gerir.

O relatório da ONG pode ser visto aqui.

Categorias: Jornalismo, Opinião | Tags: , , , , | 1 Comentário

A quem pertence um mandato político?

O instituto de pesquisa Sensus divulgou, na última segunda-feira, dia 15/10, a pesquisa nacional de opinião rodada 90. A pesquisa pode ser encontrada clicando aqui.

No texto da pesquisa sobre fidelidade partidária, foi perguntado a quem pertence o mandato: ao candidato ou ao partido político? A resposta:

MANDATO DO CANDIDATO

Pertence

OUT 07

%

Candidato

48,7

Partido Político

38,3

NS/NR

13,1

Total

100,0

No entanto, acredito que a pesquisa foi mal formulada. O mandato não pertence nem ao candidato nem ao partido e sim ao povo que ele representa. Partidos não são donos do governo, muito menos os candidatos. Eles servem ao povo e devem atender os interesses desse povo.

É verdade que isso só acontece na teoria em muitos casos. Há ainda uma grande necessidade de investimentos em educação para que o povo brasileiro desperte essa consciência.

Categorias: Jornalismo, Opinião | Tags: , , , , , , | 1 Comentário

Incêndio na Cidade Velha

Ontem à tarde, estava saindo para a Universidade quando vi a cena pela minha janela:

imagem do Incêndio

Vi o incêndio aumentando na distância e rápido me aprontei para tentar correr até o local e ver o que acontecia. Infelizmente, não consegui chegar muito perto, pois os bombeiros haviam isolado à área para impedir a passagem de curiosos e evitar possíveis saques.

O incêndio ocorreu no prédio da Sapataria Paraibana, localizado na rua João Alfredo com a travessa Padre Eutíquio. Segundo o Portal ORM, as chamas também atingiram um prédio ao lado, que foi parcialmente destruído.

Imagem de Incêndio

Não houve vítimas no acidente. Todos os funcionários da loja e dos prédios vizinhos conseguiram se afastar do local do incêndio logo que este havia iniciado.

Categorias: Jornalismo | Tags: , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Pará dividido – minha opinião

Em primeiro lugar, obrigado a todos aqueles que se manifestaram contra ou a favor do tema no post anterior. Ainda que a internet pareça um campo elitista para se discutir o assunto, acredito que possamos sim contribuir para um consenso através da discussão pública em todas as mídias possíveis.

Agora, quanto a meu posicionamento sobre a Divisão do Estado do Pará: SOU CONTRA.  Não somente por questões patrióticas, mas por que não acredito na viabilidade, a curto prazo, de nenhum dos projetos propostos.

Voltando a palestra da Unama,  o deputado estadual Joaquim Passarinho defendeu, durante o debate, a idéia de que a divisão territorial foi proposta sem discussão pública. Dessa forma, o deputado se posiciona contra o plebiscito, pois haveria necessidade de que o projeto territorial dos novos estados também fossem discutidos publicamente, além do desejo separatista isolado.

Quando perguntado sobre o porquê da inclusão de Tucuruí no território de Carajás (afinal, Tucurí é geograficamente Norte, e não Sul do Pará),  o deputado federal, autor do projeto, Giovanni Queiroz afirmou que tal decisão atendia “os desejos do povo”. Eu me pergunto onde estão as pesquisas de opinião que revelam esses desejos? Onde estão os registros dos debates públicos em que o povo defende a idéia?

Durante as últimas semanas, perguntei a vários amigos e transeuntes sobre o que achavam da divisão. Aqueles que se colocaram contrários afirmam que “o Pará vai sair perdendo”. Perdendo onde? Será que o território do nordeste paraense não possui nada de produtivo em Produtos Naturais, Serviços ou Mão-de-Obra?

Acredito que o plebiscito, portanto, se tornaria inviável na atual conjuntura do Estado. Não há estudos suficientes que demonstrem as viabilidades da implantação de novas unidades federativas; não há participação pública nos projetos até então apresentados; e não há sequer uma boa educação e consciência a respeito do processo de fragmentação do Estado do Pará ao longo de todos os seus municípios.

Categorias: Opinião | Tags: , , , , | 31 Comentários

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: