Momento de Poesia

Me chamo Sorte, quando estou ao seu lado
mais do que sorte, eu diria destino
destino de algo que sempre sonhei
ou algo que me encontrou
 
Me chamo paixão
e meu sobrenome é loucura
quando tudo é incerto,
quando o céu não tem estrelas
e o dia ainda não tem Sol.
 
E me chamo Amor
quando te tenho nos braços
e tudo tem sentido.
 
Assim caminham nossas almas para o infinito.
 
(Luciano Santa Brígida e Kamila Brito) 
Anúncios
Categorias: Opinião | 1 Comentário

Navegação de Posts

Uma opinião sobre “Momento de Poesia

  1. Pingback: Luciano Cunha via Rec6

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: